Quais são as crianças com as quais a gente se importa?

Quais são as crianças com as quais a gente se importa? Eu diria que as crianças que a gente protege são as crianças que a gente toma como nossas As nossas crianças

Mas o meu "nossa" é bastante diferente do "nossa" de uma mãe que mora na periferia da mesma cidade que eu vivo E isso é bastante grave Em lugares diferentes, em condições diferentes, a gente vive relações outras com o espaço público É só a gente pensar que um jovem que estuda numa escola particular e que resolva ir numa manifestação pelas diretas A bala que espera esse jovem, se a polícia resolver intervir, é a bala de borracha

Ela fura olho, ela fere a alma, ela lesa o futuro, mas esse jovem fica vivo Qual que é a bala que espera um jovem negro na periferia de São Paulo? Não é de borracha e ele sequer precisa estar numa manifestação É a bala que mata E é nesse sentido que eu penso que o "nossa criança" não é o mesmo nem na mesma cidade Se a gente pensar bem, é capaz que uma mãe seja capaz de proteger a sua criança de uma outra criança que está pedindo dinheiro num farol

"Porque ele, né Vai que" E, bom, é assim que a gente reedita duas crianças dando uma moeda para um "pedinte" É assim que a gente tira da pobreza o estatuto da infância

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.