O que é Inbound Marketing: a estratégia da permissão

Fala pessoal, Henrique Carvalho por aqui Nesse vídeo eu vou falar o que é Inbound Marketing

Qual é a diferença Inbound Marketing, Marketing de Conteúdo, Marketing Digital, é isso que você vai saber aqui nesse vídeo Bora lá! O que é Inbound Marketing? Diferenciar interrupção de atenção é bastante fácil: toda vez que você precisa parar o fluxo natural de uma pessoa que está navegando na internet, ouvindo um programa de rádio ou assistindo a um programa na TV para passar uma mensagem, você está atrapalhando e não ajudando O meio onde a interrupção acontece não importa O Outbound Marketing, conhecido também como Marketing da Interrupção pode ser feito não só em mídias offline, mas também online Portanto, banners para todos os lados, anúncios em redes sociais, mala direta via email e outras táticas intrusivas, mesmo que feitas usando a internet, podem ser consideradas Outbound Marketing

O Inbound Marketing chama atenção usando táticas que fazem parte desse fluxo de informação de forma orgânica, sem ser forçado, já que é o público que vai atrás da sua mensagem e não o contrário Os benefícios do Inbound Marketing são muitos, tais como: Favorecer a escolha de uma marca para influenciar vendas no futuro; Aumentar o reconhecimento de marca; Engajar consumidores com a sua marca; Colocar as necessidades dos clientes como prioridade; Gerar leads qualificados gastando muito menos (quando comparado com as táticas de Outbound Marketing) Inbound Marketing é uma forma de pensar relativamente nova, baseada na ideia de compartilhamento e criação de um conteúdo de qualidade direcionado para um público-alvo, utilizando táticas de marketing Esta personalização age como um ímã que atrai potenciais leads e clientes quando eles estão à procura de produtos e/ou serviços O declínio do Outbound Marketing é uma resposta a uma mudança recente e fundamental no comportamento do consumidor O controle passou das mãos das empresas para a dos consumidores, dando às pessoas o poder de escolha não só na hora da compra, mas também sobre quais mensagens deseja receber ou não

As pessoas não sentam-se passivamente na frente da TV e prestam atenção às propagandas exibidas no meio da programação a qual estão assistindo Mesmo nesse tipo de situação, o espectador conta com o controle remoto para mudar de canal ou com o celular para se distrair enquanto espera Mesmo interrompendo o consumidor, você precisa chamar sua atenção e é justamente por isso que as estratégias de marketing tão eficientes do passado não trazem os mesmos resultados hoje Nesse cenário, táticas como SEO e PPC (Pay Per Click) com foco em responder as perguntas mais comuns dos usuários em mecanismos de busca funcionam tão bem São informações que as pessoas não só querem ter acesso, como tomam a iniciativa de buscar as respostas

E mais: cerca de 46% das pesquisas diárias feitas nos maiores buscadores, são para obter informações sobre produtos e/ou serviços, mostrando que o problema não está na falta de interesse do público, apenas na maneira intrusiva como produtos e serviços são divulgados Outros canais, além dos mecanismos de busca que funcionam muito bem para atrair a atenção das pessoas são: Redes Sociais; Emails; Vídeos; Boca a boca As táticas Outbound, como anúncios em redes sociais, pop-ups, banners, emails aleatórios, compra de lista de emails, ligações frias e muito menos em anúncios em mídias tradicionais claramente ficam de fora dessa lista, mesmo que sejam estratégias usadas no marketing digital O velho modelo de marketing, ou o Outbound Marketing, se apoia em 3 pilares básicos: Informar; Persuadir; Relembrar Além da diminuição da eficiência, junte a dificuldade de medir o retorno sobre investimento, o ROI, os altos custos de execução e novas maneiras do consumidor bloquear esse tipo de marketing, você encontra um ambiente completamente hostil

A comunicação é feita de apenas um lado, sem a permissão do outro e só existe enquanto houver investimentos, geralmente bastante altos, para resultados muito inferiores aos do passado, como mostram esses números: 85% das pessoas mudam de canal na sua TV enquanto os comerciais são exibidos 84% dos jovens entre 25 e 35 anos tendem a sair de um site com um número excessivo de banners 200 milhões de americanos registraram seus telefones em um serviço chamado “Do not Call” para não serem perturbados por empresas de telemarketing Outro fator que faz com que cada vez mais empresas se interessem em descobrir o que é Inbound Marketing é o custo Em média, o investimento no Marketing de Atenção custa 62% menos do que as táticas de Outbound

Empresas que investem mais de 50% do seu orçamento no Inbound Marketing para gerar novos clientes, têm reportado uma diminuição significativa de custo por lead -Para pequenas e médias empresas, esse tipo de ação custa 31% menos que anúncios pagos na internet Empresas que trabalham com nutrição de leads geram 50% mais leads prontas para vendas, a um custo 33% menor O Inbound Marketing, por sua vez, está apoiado em outros 3 pilares: Demonstrar Envolver

Empoderar Mais do que serem apenas persuadidos, os clientes querem ser encantados As empresas precisam mostrar que entendem muito bem o que seu consumidor é e precisa Que o conhece e se importa com o que ele pensa Você precisa preencher o gap entre as necessidades do seu consumidor e o que falta para que elas sejam atendidas em cada etapa da jornada de compra

Para isso, aposte no poder do conteúdo, seja através do Inbound Marketing ou do Marketing de Conteúdo Diferença entre Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo O conteúdo gratuito de valor, premissa tanto do Inbound Marketing quanto do Marketing de Conteúdo, é aquele que atrai, envolve, encanta, estimula e cria conexão com o cliente Talvez por isso os conceitos de Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo se misturem um pouco O Marketing de Conteúdo surgiu no ano de 2001, criado por Joe Pulizzi, fundador do Content Marketing Institute, um dos meus sites favoritos e referência de pesquisa para muitos artigos da VDB, inclusive esse que você está lendo agora O que é Inbound Marketing, por sua vez, foi descoberto no mercado americano em 2008

Criado por Brian Hallingan e Dharmesh Shah, fundadores da Hubspot O Marketing de Conteúdo inclui a criação de conteúdos relevantes, de forma consistente, para um público-alvo definido dentro de um nicho de mercado, focando em todos os estágios do processo de compra, se preocupando em fazer com que o cliente conheça a marca e se transforme em um advogado da marca E o que é Inbound Marketing então? Como já vimos, a definição é bastante parecida com a do Marketing de Conteúdo, mas o Inbound Marketing pode ser considerado mais “técnico” Quando nos referimos ao o que é Inbound Marketing, o conteúdo é usado na atração, nutrição e conversão de leads (objetivos que também fazem parte do Marketing de Conteúdo), enquanto no Marketing de Conteúdo o foco está em alimentar a marca, envolvendo: Posicionamento; Criação de relacionamento; Reconhecimento de marca; Valor de marca ou brand equity; Pós-venda Não há dúvidas que ambos os conceitos dependem muito da força do conteúdo para funcionar e que a diferença entre eles trata-se muito mais de algo conceitual do que prático

Se você for pesquisar sobre cada um dos termos irá encontrar diferentes posicionamentos Enquanto os criadores do Inbound defendem que o Marketing de Conteúdo é uma estratégia dentro do conceito sobre o que é Inbound Marketing, o contrário também é dito pelos criadores do Marketing de Conteúdo Cada um citando motivos para defender seu ponto de vista, em uma briga para provar quem possui a estratégia mais abrangente Acho importante que você conheça um pouco melhor essa diferença de conceitos porque certamente enquanto você estiver estudando e aplicando o marketing digital irá encontrar essas definições distintas Mas essa discussão não muda muita coisa para o seu negócio

Porém, tudo que você realmente precisa saber é que o conteúdo é a parte mais importante de ambos e que mais importante do que afirmar que você usa um ou outro como estratégia é de fato alcançar os resultados extraordinários que ambos podem trazer Show de bola, esse foi o nosso vídeo sobre o que é Inbound Marketing Espero que você tenha aprendido conceitos novos aqui nesse vídeo e se sim, dá a sua curtida para a gente saber que você curtiu esse conteúdo e eu aguardo você no próximo vídeo Grande abraço!

Source: Youtube

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.