Como Nietzsche enxergava o trágico?

A meu ver, foi para tornar possível uma perspectiva trágica – e aí a coisa vai ficando mais interessante – uma perspectiva trágica que vacine É isso, Nietzsche quer nos trazer uma vacina, que vacine contra a náusea, o nojo, o fastio, o sufoco característico do niilismo passivo e a tristeza que ele acarreta que Nietzsche teve um pensamento, que eu confesso a vocês, foi o mais interessante que eu já ouvi

Esse pensamento é o pensamento do eterno retorno, que eu acho que é o pensamento trágico por excelência Eu vim falar aqui sobre alegria e o trágico em Nietzsche Então, a minha questão é essa: Como ser alegre afirmando o eterno retorno? Existem três temas fundamentais, a meu ver, no Zaratustra O primeiro, super-homem, ou além do homem, como outros gostam de chamar Pouco importa o termo, o importante é sempre o conceito

A vontade de potência, ou a vontade de poder, também pouco importa o termo, ou então, o eterno retorno, que é o que dá sentido aos outros dois numa perspectiva trágica

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.