A modernidade está nos afastando da individuação?

A experiência da modernidade vai subverter e, por fim, levar, descartar, essa figura clássica da individuação Na raiz da modernidade, em primeira mão, nós temos o abandono dessa afirmação ou dessa noção de uma ordem objetiva do mundo, mas uma ordem que era eticamente relevante para o sujeito humano

No âmbito da mentalidade antiga e medieval, a ordem do mundo não era só uma espécie de máquina como o mecanicismo moderno da seleção moderna vai vir, que funciona ali e não me diz nada, é indiferente a mim e surdo aos meus anseios, aos meus apelos, não Aquela ordem tinha uma função ética, ela me dizia respeito, eu me integrava a ela Para a sensibilidade moderna, que nasce com essa nova visão de mundo, de natureza, não existe uma ordem objetiva no mundo, esse universo já não é mais o cosmos, o universo não diz nada, não auxilia em nada o sujeito em sua realização humana

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.